Os 09 piores erros de Marketing Pessoal que você pode estar cometendo nas Redes Sociais

erros-de-marketing-pessoal

Com o progresso e a constante popularização das Redes Sociais, não participar de nenhuma plataforma deste meio é o mesmo que ficar completamente isolado do resto da humanidade. Porém, como tudo que se torna de uso obrigatório e – algumas vezes – banal, as pessoas passam a se descuidar e acabam trazendo mais prejuízos do realmente aproveitando os benefícios, propriamente dito.

Foi pensando nisso que nós resolvemos criar este artigo com os 09 piores erros de Marketing Pessoal que você pode estar cometendo nas Redes Sociais. Afinal de contas, as redes sociais se tornarão um imenso salão onde as pessoas expõem suas ideias e, principalmente, suas vidas diariamente.

Por isso, hoje em dia, praticamente todos os grande recrutadores e pessoas de negócios costumam dar uma “olhadinha” nas redes sociais de seus candidatos, antes de lhes dar um emprego ou fechar um novo empreendimento.

Portanto descuidar da sua imagem na rede social pode significar prejuízo e, principalmente, oportunidades que acabam escapando, sem que você sequer perceba.

A importância do Marketing pessoal nas Redes Sociais

marketing-pessoal-nas-redes-sociais

Antes de mais nada, é importante ressaltarmos a importância do seu marketing pessoal nas redes sociais. Afinal de contas, por mais que as redes sociais sejam peça fundamental de qualquer estratégia de marketing moderna (e eficaz), elas se tornaram um meio extremamente sensível e, claro, cheias de armadilhas que podem levar por água abaixo anos de trabalho.

Isso acontece pelo simples fato de que as pessoas, dentro da rede, conversam sem medo, protegidas atrás de seus teclados. Sendo assim, todas elas se tornarão críticas e donas da razão.

Logo, qualquer erro pode ser fatal e sujar o seu marketing pessoal, para sempre. Por isso, fique atento aos 10 erros cruciais que você pode estar cometendo e, possivelmente, irão acabar com a sua imagem na internet.

Erro 01: Base alinhada

Para começar, vale lembrar um velho ditado popular: Qualidade é melhor que quantidade. Portanto, nada de sair por aí adicionando e captando fãs e seguidores, como se não houvesse mais amanhã.

Pode ter certeza que nenhum recrutador ou empreendedor irá levar em conta o número de amigos que você possui no Facebook para fechar ou não uma proposta profissional com você.

Além disso, de que adianta você ter milhares de pessoas te seguindo, se elas não podem oferecer nada a você e, pior, não podem consumir nada que você oferece?

Até porque, uma boa estratégia de marketing pessoal visa não somente a construção de uma audiência imensa, mas sim de um networking completo, ou seja, uma rede de contatos profissionais capazes de lhe fornecer e consumir conteúdo interessante para os planos e objetivos.

Afinal de contas, o marketing pessoal nas redes sociais serve como um substituto prático e rápido na hora de criar amizades profissionais, no mercado de trabalho. Portanto, não cometa o erro de adicionar qualquer pessoa as suas redes sociais.

Erro 02: A escolha do canal

marketing-pessoal-nas-midias-digitais

Outro erro muito corriqueiro que muitos cometem quando resolvem ingressar numa rede social para enriquecer seu marketing pessoal é não escolher a melhor plataforma para isso.

Talvez você esteja pensando que eu vá falar do LinkedIn, que é a plataforma mais indicada para profissionais. Porém, não é bem isso.

O LinkedIn pode ser necessário para a sua estratégia, porém existem outras plataformas a ser consideradas, como o Facebook, Twiiter, Google +, Instagram e etc.

Por isso, escolher entre estas é de suma importância para sua estratégia de marketing pessoal. Afinal de contas, cada rede social destas possui uma filosofia e modo de uso, logo, se esta filosofia e modo de uso não condizer com o seu negócio, seria um erro enorme (além de perda de tempo) dedicar-se a estas plataformas.

Sendo assim, antes de criar e trabalhar um perfil pessoal em qualquer rede social, procure estudar profundamente qual é a filosofia daquela plataforma e qual o verdadeiro objetivo da mesma.

 Erro 03: Conteúdo

Outro erro mais cometido é quando se fala em conteúdo online, procure sempre manter seu perfil profissional com conteúdo alinhado ao seu objetivo e – principalmente – ao seu público-alvo.

É muito interessante entrar nesse assunto com pesquisa e cautela. Você pode fazer pesquisas para saber exatamente que tipos de conteúdos podem ser efetivos para a sua audiência, dessa forma o seu conteúdo funcionará com efetividade comprovada.

Erro 04: Target

Muito citado neste artigo e um erro de milhões de profissionais é o Target. Ou seja, como você está planejando uma estratégia de marketing, você precisa ter um Target, um público-alvo.

Portanto, antes mesmo de criar o seu perfil profissional numa rede social, procure definir seu público-alvo. Assim, as chances de você errar na hora de escolher a plataforma ou publicar conteúdo expressivamente menores.

Aprenda como se tornar um profissional de marketing digital.

Erro 05: Imagem

A sua imagem nas redes sociais é de fundamental importância para o marketing pessoal, tanto quanto ou mais que pessoalmente.

Por isso, procure sempre manter tudo muito bonito e organizado. Por exemplo: Ao invés de colocar como capa uma foto sua ou de sua família, procure um designer e faça uma capa exclusiva, que tenha relação com o seu negócio e, principalmente, o público-alvo.

Outro fator muito importante quando se fala do perfil, é a foto. Por isso, procure sempre atualizar a sua foto de perfil, pelo menos, a cada 03 meses. Assim, além de mostrar que você é ativo e se preocupa com a imagem, também fará com que as pessoas comentem e curtam o post (aumentando o engajamento do público geral).

E por fim, mas não menos importante, procure não utilizar apelidos ou forçar um apelido. Apenas utilize apelidos nas redes sociais se estes forem a forma como mais de 90% dos seus clientes e profissionais próximos o conhecem.

Erro 06: Atualização

Outro erro frequente que observo em muitos perfis profissionais é a falta de atualização. Ou seja, a pessoa cria o perfil “apenas para dizer que tem”, e nunca publica nada. Talvez, ela até interaja em comentários ou curtidas, porém nunca publica nada próprio.

E isso, como você deve imaginar, é um problema. Afinal de contas, mostra completo desapego e desinformação da sua parte, pois seu perfil é quem você é, e se você é aquela página vazia, dificilmente conseguira cativar clientes ou recrutadores.

Mas, é importante tomar cuidado, pois não adianta também publicar apenas coisas como “Bom dia/Tarde/Noite” ou pior “Vou no banheiro, vou dormir, vou fumar um baseado”, etc.

Portanto, procure sempre publicar algum conteúdo, mas conteúdo relevante, conteúdo que realmente interessa ao seu público-alvo e, principalmente, que tenha haver com a sua vida profissional (afinal, é um perfil profissional).

Bom, falar é fácil, não é mesmo? Talvez você tenha dificuldade na hora de criar conteúdo, e é justamente por isso que existem tantas páginas, sites e blogs por aí. Pesquise neles, depois escreva com as suas próprias palavras.

Ou, se preferir, você pode apenas compartilhar conteúdo alheio, sempre atento para o fato do conteúdo ser relevante para o seu Target e, claro, seu ramo de atuação profissional.

Erro 07: Bio

marketing-pessoal-dicas

Um outro erro muito grave cometido pela maioria dos profissionais que utilizam as redes sociais para alavancar o marketing pessoal é não saber escrever a própria biografia. Ou seja, descrever-se naqueles espaços dedicados a “Quem sou eu”.

Para dar um fim nisso, de uma vez por todas, nós indicamos a você que – na hora de criar sua biografia – siga os 07 passos fundamentais para se criar uma biografia de sucesso, desenvolvido por Neil Patel, um dos empreendedores de maior sucesso dentro do marketing digital e, claro, pessoal. Vamos lá:

  1. Seja preciso: Tenha uma descrição profissional;
  2. Seja emocionante: Procure fugir daquelas definições chatas e maçantes, como “Empresário e pai”, etc;
  3. Seja direcionada a um público: Ou seja, procure sempre fazer alguma referência ou descrição voltada para um público específico (que obviamente deve ser o seu público-alvo);
  4. Seja lisonjeira: É de suma importância que sua biografia destaque uma realização profissional interessante;
  5. Seja humanizada: Quer dizer, não precisa parecer um robô, só porque é profissional. Para tal, busque sempre identificar algum hobby;
  6. Seja intrigante: É fundamental que sua biografia intrigue aqueles que a lerem. Por isso, tente sempre citar algum fato interessante, que deixe o visitante impressionado/intrigado/entusiasmado;

Seja conectada: E por último, mas não menos importante, é interessante que a sua biografia possua links ou ligações textuais com a sua empresa ou outros perfis e sites na web.

Erro 08: Isolamento

Um dos 9 erros que podem matar o seu marketing pessoal nas redes sociais, sem dúvida alguma, é o isolamento. Ou seja, ser antissocial em uma rede social (sim, é possível!).

Para que você não caia neste erro, é interessante buscar participar ativamente de discussões e debates nas redes sociais, bem como de enquetes e fóruns espalhados pela internet.

Mas, veja bem, dependendo da sua atuação profissional é interessante que se evite debates muito polêmicos e, claro, procure não fazer nenhuma declaração que possa ser mal interpretada ou mesmo que contenha qualquer tipo de conteúdo direto ou indireto de preconceito e racismo.

A minha sugestão para evitar declarações polêmicas que podem colocar um ponto final na sua carreira (dependendo da gravidade do assunto), é que antes de publicar, você procure reler tudo que escreveu com um olhar crítico.

Assim, as chances de acabar ofendendo alguém ou algum grupo (seja ele minoritário ou não) diminui de maneira relevante.

Mas, claro, não deixe que isso lhe prive de dar sua opinião em assuntos mais leves. Principalmente quando estes assuntos dizerem respeito a sua área de atuação profissional ou que sejam de interesse do seu público-alvo.

Afinal de contas, quando você expõe opiniões inteligentes, o público passa a te admirar, e isso faz com que você passe a construir, pouco a pouco, uma autoridade em determinados assuntos.

Autoridade esta que é fundamental para qualquer plano de marketing bem sucedido, principalmente, o marketing pessoal.

Erro 09: Fanatismo

E por último, mas não menos importante, voltamos ao bendito conteúdo para alertar sobre outro erro muito comum: O Fanatismo!

É de suma importância que você busque, ao máximo, evitar expor seus fanatismos e/ou paixões por coisas que não digam respeito a sua profissão.

Por exemplo, nada de ficar publicando “Vai Corinthians” ou “Viva Bolsonaro” e, até mesmo, “Awn Justin Biebber”. Afinal de contas, por mais que seu público-alvo (seja ele empresários ou recrutadores de empresas) tenham a mesma paixão que você, ninguém gosta de fanatismos.

Afinal de contas, o mundo profissional dá voltas e, de uma hora para outra, você pode acabar se obrigando a tratar com pessoas que pensam diferente de você, principalmente clientes, e o fanatismo não ajuda em nada na hora de dialogar com essas pessoas e – por vezes – até fingir que concorda com elas, apenas para conseguir finalizar seu trabalho sem nenhuma alteração.

Conclusão

Enfim, como podemos ver acima, os erros são muitos e se você não tomar cuidado, pode acabar levando por água abaixo todo seu esforço. Por isso, vamos recapitular aqui tudo que você deve fazer para melhorar seu marketing pessoal nas redes sociais:

  1. Siga e adicione pessoas relevantes para o seu negócio;
  2. Escolha sua rede social com base na filosofia da rede social em si;
  3. Publique conteúdo relevantes para o seu público-alvo;
  4. Defina um Target;
  5. Cuide da sua imagem e do design da sua rede social;
  6. Mantenha seus perfis sempre atualizados com conteúdo de qualidade;
  7. Crie uma biografia marcante;
  8. Não seja antissocial;
  9. Abra mão dos fanatismos.

E aí, gostou do artigo? Então não deixe de compartilhar com seus amigos, clientes e público-alvo. Afinal de contas, já é um modo de começar a publicar conteúdo de qualidade na sua linha do tempo 😉

 

Os 09 piores erros de Marketing Pessoal que você pode estar cometendo nas Redes Sociais
1.31 (26.26%) 115 votes
About The Author

Rodrigo Nogueira

Fundador do site RodrigoSEO, Rodrigo Nogueira ajuda grandes empresas e empreendedores de sucesso a escalarem o seu faturamento e liquidez através da Internet . Citado pelos organizadores do Search Masters Brasil como "O Gênio do Search Marketing" e também citado pelos organizadores do Let's Elevate como "a metralhadora de conteúdo de qualidade" e pelo Portal Administradores como um dos maiores especialistas em atração e prospecção de clientes através da internet do Brasil.